Alimentação
/

SUPER-ALIMENTOS, PARA UMA SUPER-SAÚDE!

É cada vez mais comum ouvirmos o termo super-alimentos ou super-foods. Sendo uma forma de enaltecer os benefícios especiais de determinados alimentos, este termo reflecte bem a importância cada vez maior de uma nutrição cuidada no nosso dia-a-dia.

É bem verdade que na nossa cozinha temos, sem nos apercebermos, uma “farmácia”.

Se tivermos o cuidado de analisar bem o que comemos, descobrimos que muitas vezes as necessidades do nosso organismo podem ser colmatadas com as nossas refeições. Cada alimento tem em si uma série de nutrientes que podem funcionar como “medicamentos” para prevenir ou curar muitas doenças.

Nada como estarmos o mais informados possível sobre aquilo que comemos, para podermos assim construir uma alimentação que nos trará muita saúde.

Deixamos aqui uma lista de alguns destes alimentos que têm uma importância especial na saúde sénior. Chamamos apenas a atenção para o facto de que os elevados benefícios de cada um deles, devem ser sempre analisados à luz de cada caso pessoal.

Tenha atenção a restrições ou intolerâncias alimentares. Os alimentos que aqui indicamos poderão não ser todos indicados para o seu caso específico, pelo que deve ter em atenção os conselhos do médico ou especialista que o acompanha.

Super-alimentos – O que são?
Super-alimentos são aqueles que, pelas suas características especiais, têm uma influência bastante forte na nossa saúde. Na sua maioria, o valor nutricional que possuem e a extraordinária quantidade de antioxidantes marcam a diferença para se encaixarem nesta categoria.

A importância dos antioxidantes
Os antioxidantes combatem os radicais livres, que por sua vez danificam as células. Combatendo estes radicais, estamos assim a preservar a nossas células, a preservar a nossa saúde. A destruição das células aumenta o risco de complicações na nossa saúde, como doenças inflamatórias, doenças cardíacas, diabetes ou cancro.

Uma alimentação rica em antioxidantes fortalece o sistema imunitário e ajuda a que as nossas células não envelheçam tão rapidamente. São excelentes aliados para nos mantermos jovens!

Chocolate preto
Rico em flavonoides, o chocolate preto diminui o risco de doenças cardíacas, diabetes e melhora o funcionamento do cérebro. Tem um forte poder antioxidante e é excelente na protecção do seu coração.

Tomate
Para além de melhorar a saúde dos ossos, este alimento rico em licopeno reduz o risco de cancro da próstata e do sistema digestivo, e ajuda a evitar doenças cardíacas.

Canela
Os benefícios da canela são muitos, mas destacamos aqui a sua acção anti-inflamatória e a capacidade de ajudar a baixar o mau colesterol. Também é um excelente auxílio na prevenção de doenças cardíacas e diabetes. A Canela ajuda a regular o açúcar do sangue pelo facto de aumentar a sensibilidade à insulina.

Outro factor benéfico é o aumento do desempenho cerebral, e em especial no processo cognitivo e na atenção.

A Canela é ainda rica em magnésio, ajudando a controlar a dor e a rigidez muscular.

Vinho tinto
Uma dose de vinho tinto por dia, em quantidades moderadas, é uma excelente forma de reduzir os riscos de doenças cardíacas e de aumentar o bom colesterol (HDL). Além disto, ainda tem propriedades antioxidantes e ajuda na prevenção da osteoporose. É recomendado que pessoas com mais de 65 anos não excedam 7 doses de vinho por semana, para que estes benefícios não sejam suplantados pelos malefícios do excesso de álcool.

Confirme com o seu médico se não terá qualquer restrição a beber um copo de vinho por dia, pois em determinados quadros clínicos, ou na toma de determinados medicamentos, a ingestão de álcool, por pouco que seja, é desaconselhável.

Mirtilos
São cada vez mais “famosos” pelas suas propriedades antioxidantes, e são considerados por muitos o alimento mais antioxidante entre os frutos. Reduzem o risco de complicações como tensão alta e aumentam o desempenho do cérebro.

No entanto, os mirtilos têm também outros benefícios menos conhecidos, como poderes anti-inflamatórios, ajudando muito notratamento de infecções urinárias.

São também uma boa fonte de Vitamina C e fibras. Todas esta propriedades ajudam na prevenção de doenças como o Cancro.

Este pequeno fruto é de facto um super-alimento, e idealmente deverá comê-lo ao natural. Se não for fácil encontrá-los frescos, pode optar pelos congelados que mantêm também muitos dos seus benefícios.

Sardinha
Muito apreciadas pelos portugueses são muito ricas nutricionalmente, nomeadamente em gorduras Omega-3 – gorduras que trazem inúmeros benefícios à saúde em geral. Promovem a saúde do sistema cardiovascular, ajudam a reduzir o mau colesterol (LDL), aumentam o bom colesterol (HDL), melhoram os níveis dos triglicéridos, promovem a saúde dos nossos olhos, a saúde da pele e a saúde mental. As sardinhas são também fortes aliadas na redução de processos anti inflamatórios.

Existem já provas de que baixos níveis de Omega-3 influenciam a perda de memória e outros sintomas de demência. Por isso, enriqueça as suas refeições com este peixe delicioso e, ao mesmo tempo, fortaleça a sua saúde!

Chá Verde
Antes de passarmos aos benefícios do chá verde, chamamos a atenção para o facto de ser uma bebida que contém cafeína. Assim, se tiver tensão alta ou outra complicação de saúde que não lhe permita ingerir cafeína, deverá evitar esta bebida, bem como o chá preto. Pode optar por outro tipo de chás, de ervas como cidreira, tília, camomila, etc.

As vantagens de beber 1 a 2 chávenas de chá verde por dia são imensas, mas vamos começar pela curiosidade de ser, há muitos séculos, um dos melhores segredos anti-envelhecimento na China e no Japão.

É também um aliado excelente na prevenção contra inúmeros tipos de Cancro, como Cancro a bexiga, próstata, estômago ou Leucemia. Actua como anti-inflamatório nas Artrites, reduz também o risco de Diabetes e – imagine! – de Depressões, ajudando também no desempenho do cérebro.

Cenouras
Vários estudos têm revelado a ideia de que quem consome bastante Vitamina A, que poderá obter ao comer cenouras, reduz substancialmente o risco da Doença de Alzheimer. No entanto, é necessário ter cuidado nas quantidades que comemos deste alimento. Bastam 2 ou 3 cenouras médias por dia para lhe dar a quantidade suficiente dos seus nutrientes, e não causar uma sobrecarga no organismo que poderá ser prejudicial.

Não se esqueça ainda que as cenouras ”fazem bem aos olhos”, como sempre ouvimos dizer. Na verdade, são um bom aliado para prevenir o aparecimento de cataratas, e a carência desta vitamina é bastante prejudicial para a saúde dos seus olhos. Em caso extremos, pode conduzir à cegueira.

Suplementos alimentares
Nem sempre a alimentação nos fornece todos os nutrientes essenciais para viver bem. Procure ajuda junto de especialistas para saber se terá necessidade de recorrer a algum suplemento alimentar. Aconselhe-se sobre as suas principais carências, para poder equilibrar o seu organismo e viver com mais saúde.

Conteúdo fornecido por Bliss Natura

Ver Mais
Amenities not found.